PUBLICIDADE

PUBLICIDADE













Política / #saúde

Presidente da CAIXA será Ministro da Saúde

Gilberto Occhi deixará presidência da Caixa para assumir Ministério da Saúde

Publicado 28 de Março de 2018 às 21:01 pelo colunista REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, deixará o cargo para assumir o Ministério da Saúde no lugar de Ricardo Barros. Os dois são filiados ao PP.

A decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer durante uma reunião na tarde desta quarta-feira (28) com o presidente do PP, senador Ciro Nogueira.

Na conversa, Temer chegou a argumentar que seria mais tranquilo manter Occhi na Caixa, pois qualquer mudança no comando do banco tem de passar por novos critérios técnicos.

Mas Ciro Nogueira defendeu ser fundamental deslocar Occhi para o ministério, considerado um técnico já acostumado a trabalhar com a legenda há um bom tempo.

Occhi está na presidência do banco desde 1º de junho de 2016, a convite de Temer.

Funcionário de carreira da Caixa, Occhi comandou os ministérios da Integração Nacional e das Cidades no governo Dilma Rousseff.

Saída de Ricardo Barros

O atual ministro da Saúde decidiu deixar o comando da pasta para disputar a eleição de outubro – ele se candidatará a deputado.

Por lei, ministros que quiserem se candidatar precisam deixar os cargos seis meses antes da eleição, prazo que neste ano termina em 7 de abril.

Espaço do PP no governo

Antes de iniciar a reforma ministerial, o Palácio do Planalto alertou o PP que a legenda só manterá o espaço atual no governo se apoiar a reeleição de Temer.

Apesar de oficialmente dizer que "pensa" em disputar a reeleição, Temer já admite em conversas reservadas que entrará na disputa.

Editado 28 de Março de 2018 às 21:01 por REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Conheça o autor deste artigos

REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA

EQUIPE DE REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA


PUBLICIDADE











Notícias Relacionadas

Lava Jato completa 3 anos

Vereadores de Teresina recebem 2º maior salário

MP: Lula enriqueceu com tráfico de influência