PUBLICIDADE

PUBLICIDADE











Moda / #cabelos

Conheça as técnicas de clarear o cabelo

Conheça as técnicas de clarear o cabelo que são menos agressivas para os fios

Publicado 4 de Fevereiro de 2016 às 17:54 pelo colunista REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

As loiras podem até se divertir mais, mas elas também têm que cuidar muito mais do cabelo. Isso porque o mix de pó descolorante, oxidante (água oxigenada) e papel-alumínio usado no clareamento danifica as madeixas, causando ressecamento e, em alguns casos, quebra. Depois de passar pelo procedimento, é preciso de muita hidratação para recuperar os fios. 

Pensando nisso, salões de beleza lançaram técnicas de clarear o cabelo que são menos agressivas e garantem fios loiros e saudáveis. Conheça esses métodos.

REFLEXO LESS DAMAGE
A técnica é feita em 3 etapas no salão SPA Dios, em São Paulo. A primeira é a preparação para o cabelo receber a química. “Passamos um ácido no cabelo molhado para selar as cutículas e neutralizar o pH dos fios, porque o de uma loira é mais alto, então o cabelo é mais poroso e a chance de quebrar é maior”, explica Renata Souza, cabeleireira e sócia-proprietária do salão. Depois de 5 minutos, o cabelo é enxaguado e é feita uma reconstrução de acordo com a necessidade da cliente. Os fios são secos e então a profissional começa a fazer o reflexo.

No reflexo less damage não é usado pó descolorante, mas um creme que é misturado ao oxidante. “É um produto à base de manteiga de karité que protege o cabelo”, explica a especialista. "No clareamento comum, ele fica 100% desprotegido."

O papel de alumínio, que esquenta o cabelo para clarear mais rápido, também não é usado nesse processo. “Usamos um aparelho de plástico importado da Itália. Ele é transparente, então é possível ver o cabelo clareando, ao contrário do papel em que é preciso abrir. Isso garante um clareamento mais uniforme porque não corre o risco do produto escorrer e manchar os fios.”

“No final, refaço o processo de acidificação para manter o tom da cliente por mais tempo, pois quando as cutículas estão fechadas ele dura mais.” O cabelo pode ou não ser matizado, depende da necessidade da cliente.

A top Ana Claudia Michels já aderiu à técnica. “O cabelo dela é muito fino, estava quebrado e tínhamos que deixar platinado. Fizemos o relfexo less damage nela e não quebrou um fio.”

O tempo de finalização é de até 3 horas. “Depende do que a pessoa quer. Se ela for fazer uma californiana, demora uns 40 minutos. Mas se for fazer reflexo no cabelo todo pode levar de  2 a 3 horas.”

À esquerda: A top Ana Claudia Michels, que clareou o cabelo com o reflexo less damage do SPA Dios/ À direita: reflexo com roll meches do Laces and Hair (Foto: Reprodução/Instagram/Divulgação)

REFLEXO COM ROLL MECHES
O principal diferencial do reflexo feito no salão Laces and Hair, em São Paulo, é a utilização do roll meches (foto acima) no lugar do papel alumínio. "É uma ferramente que deixa as mechas bem próximas do couro cabeludo. Ele aproveita o calor natural da cabeça para aquecer e com isso posso usar um oxidante de volume mais baixo - que é muito menos agressivo - e conquistar o mesmo resultado de clareamento de um volume alto feito com papel", explica Cris Dios, especializada em cosmetologia e fundadora do salão. Com o roll meches também é possível conquistar um clareamento mais uniforme porque com ele o produto não corre o risco de escorrer e manchar, como pode acontecer com o papel.  

SAIBA MAIS

Junto ao oxidante, a profissional usa um pó descolorante menos químico, pois é sem adição de amônia. À mistura, é adicionado um óleo da linha orgânica do salão para tratar o cabelo enquanto ele é descolorido. "Colocamos um óleo protetor à base de linhaça, capim-limão e argan para diminuir a química." Se a pessoa for fazer só a raiz, as pontas que já estão claras são tratadas com uma máscara reconstrutora. E no final, ela indica fazer um tratamento com aminoácidos. O procedimento leva no máximo 2 horas para ser finalizado. Cris diz que o tempo varia de acordo com o que a cliente for fazer.

O cabelo pode ou não ser matizado, mas a especialista diz que na maioria dos casos é evitado. "Acredito que o tonalizante é um segundo processo químico. Mas em alguns casos é necessário, como se a pessoa tiver um cabelo muito escuro e quiser um tom bem claro."

A top Alessandra Ambrosio e a atriz Fernanda Lima já experimentaram a técnica.

Para quem pinta o cabelo, o salão tem também uma tinta com menos química e em abril irá lançar uma tintura totalmente vegetal.

Editado 4 de Fevereiro de 2016 às 17:54 por REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Conheça o autor deste artigos

REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA

EQUIPE DE REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA


PUBLICIDADE










Notícias Relacionadas

Esta seleção de calças vai te ajudar a atualizar

Cor da sua lingerie pode detonar sua energia

Cabelo seco e sem brilho