PUBLICIDADE

PUBLICIDADE











Internacional / #será?

rump diz que levará mudança a Washington

Empresário fez breve discurso em vídeo após vitória em votação

Publicado 20 de Julho de 2016 às 08:54 pelo colunista REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Após ser confirmado como candidato do Partido Republicano à presidência dos EUA nesta terça (19), ao conseguir o número de delegados necessário durante a convenção nacional do partido, Donald Trump disse que "nunca esquecerá" o que aconteceu esta noite, e prometeu levar "mudança verdadeira e liderança" a Washington .

Ele ressaltou em um breve discurso que foi nomeado em uma convenção com o maior número de delegados votando na história. "Este estágio do processo presidencial se encerrou... mas temos que seguir adiante", afirmou.

Trump falou por meio de um video e prometeu voltar a Ohio na quarta.

"Vamos ganhar a presidência e levar mudança verdadeira e liderança de volta a Washington. Será uma liderança que põe o povo americano em primeiro. Vamos trazer de volta nossos empregos, vamos reconstruir nossas forças armadas enfraquecidas e cuidar de nossos grandes veteranos. Teremos fronteiras fortes, nos livraremos do Estado Islâmico, e restauraremos a lei e a ordem", discursou.

"Iremos fazer a América grande de novo", prometeu, citando o lema de sua campanha. "Tenham uma noite fantástica. Vejo vocês amanhã à noite, vejo vocês na quinta e iremos ganhar em novembro", encerrou.

Alguns minutos antes Trump havia afirmado no Twitter que está honrado de ser o nomeado do Partido Republicano. "Vou trabalhar duro e nunca desapontar vocês", postou.

Convenção
A votação teve início às 17h10 (19h10 em Brasília) e confirmou a previsão de Trump se tornar o candidato oficial. Ele precisava de 1.237 delgados, mas garantiu 1.725.

A confirmação aconteceu uma hora depois e foi anunciada por Donald Trump Jr., um dos filhos do candidato e delegado pelo estado de Nova York. A convenção segue até quinta-feira, quando Trump deve aceitar formalmente a nomeação do partido.

Com discursos empolgados e saudados com entusiasmo pelos delegados presentes no ginásio Quicken Loans, os delegados de cada estado comunicaram quantos votos Trump teve e quantos foram destinados a outros candidatos. Muitos se referiram a Trump como "o próximo presidente dos Estados Unidos".

A convenção, assim como a campanha, teve presente a polêmica em torno da candidatura de Trump, que venceu as prévias mas é questionado por lideranças do partido. Trump nunca ocupou cargo público. Os opositores republicanos se mostram alarmados com as posições polêmicas de Trump a respeito de imigrantes e muçulmanos, bem como com seu distanciamento da ortodoxia do partido em temas como o comércio. (Veja as ideias e propostas do candidato)

Donald Trump Jr. anuncia votos do estado de Nova York, que garantiram a nomeação de seu pai Donald Trump, cercado por seus irmãos Eric, Ivanka e Tiffany na convenção do Partido Republicano (Foto: AP Photo/Carolyn Kaster)Donald Trump Jr. anuncia votos do estado de Nova York, que garantiram a nomeação de seu pai Donald Trump, cercado por seus irmãos Ivanka, Eric e Tiffany na convenção do Partido Republicano (Foto: AP Photo/Carolyn Kaster)

Mesmo já não havendo concorrentes de Trump no páreo, o número de delegados atribuídos a outros pré-candidatos durante a convenção nacional mostra que o Partido Republicano está dividido em relação ao magnata. Um levantamento do jornalista Steve Kornacki, da rede MSNBC, indica que desde 1980 nunca houve tantos votos contra o provável nomeado na convenção nacional. Em 2012, que tinha sido o recorde anterior, foram 202, contra mais de 500 este ano.

De acordo com uma pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta terça, Trump diminuiu a vantagem da rival democrata Hillary Clinton para 7 pontos percentuais, ante 15 pontos na semana passada. Os dois devem fazer o primeiro de pelo menos três debates no dia 26 de setembro no estado de Nova York, base de ambos.

  •  
Delegados celebram nesta terça-feira (19) durante votação para o candidato do Partido Republicano durante o segundo dia de convenção em Cleveland, Ohio (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst)Delegados celebram nesta terça-feira (19) durante votação para o candidato do Partido Republicano durante o segundo dia de convenção em Cleveland, Ohio (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst)

Editado 20 de Julho de 2016 às 08:54 por REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Conheça o autor deste artigos

REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA

EQUIPE DE REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA


PUBLICIDADE










Notícias Relacionadas

Trump quer plano para derrotar Estado Islâmico

Polícia turca divulga imagem de suspeito de ataque

Nuvem misteriosa