PUBLICIDADE

PUBLICIDADE










Automóveis / #teste

Teste da nova SW4

Versão de entrada do SUV grande não empolga com o motor 2.7 bicombustível e, pelo preço de R$ 159.60

Publicado 3 de Janeiro de 2017 às 09:55 pelo colunista REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Um carro deste porte e flex? Praticamente todos que vieram elogiar o visual do novo Toyota SW4 fizeram essa pergunta ao saber que a versão de entrada do SUV  utiliza propulsor bicombustível. Um 2.7 de até 163 cv e 25 kgfm de torque para movimentar 1.845 kg realmente não faz milagre, mesmo dispondo de comando duplo de válvulas: há reflexos no consumo e também no desempenho.


Com etanol, a configuração lançada em agosto do ano passado fez baixas médias de 3,9 km/l na cidade e 6,3 km/l na estrada. Ainda que tenha um enorme tanque de 80 litros, a autonomia é pequena - pouco além de 400 km - e motiva visitas frequentes ao posto de combustível.

Toyota SW4 SR flex (Foto: Divulgação)

Tabelada em R$ 159.600, a versão SR de cinco lugares e câmbio automático não deve ser cogitada por quem deseja andar forte - para esses, vale apostar no SW4 4.0 V6 a gasolina ou no 2.8 turbodiesel.

A transmissão de seis marchas se esforça para ter um bom casamento com o propulsor flex, mas ainda assim faz trocas lentas e com certos trancos, mesmo acionando o botão do modo Power, no console.

O SW4 2.7 é o único da gama sem tração 4x4 e deve importantes itens de comodidade, como ar-digital, bancos de couro e retrovisor fotocromático. O quadro de instrumentos é mais simples e a versão também peca pela ausência de função um-toque para todos os vidros elétricos, leds de iluminação diurna e sensor de estacionamento dianteiro. Espaço interno, design e conforto de rodagem, por sua vez, são exemplares, mas distantes de justificar a compra.

Toyota SW4 SR flex (Foto: Divulgação)

Ficha Técnica

Motor: Dianteiro, longitudinal, 4 cil. em linha, 16V, comando duplo, flex

Cilindrada: 2.694 cm³

Potência: 163/159 cv a 5.000 rpm

Torque: 25 kgfm a 4.000 rpm

Câmbio: Automático de 6 marchas, tração traseira

Direção: Hidráulica

Suspensão: Independente braços duplos triangulares (dianteira) e eixo rígido (traseira)

Freios: Discos ventilados

Pneus: 265/65 R17

Comprimento: 4,79 m

Largura: 1,85 m

Altura: 1,83 m

Entre-eixos: 2,74 m

Tanque: 80 litros

Porta-malas: 500 litros (fabricante)

Peso: 1.845 kg

Editado 3 de Janeiro de 2017 às 09:55 por REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA.

Conheça o autor deste artigos

REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA

EQUIPE DE REDAÇÃO ALTOS NOTÍCIA


PUBLICIDADE












Notícias Relacionadas

Ford Fusion

Fiat Uno 2017

CHEVROLET CRUZE X VOLKSWAGEN JETTA X CITROËN C4 LO